sábado, 24 de março de 2007

Processo para o reconhecimento da cidadania italiana diretamente na Italia - parte 3/3

O que fazer ao chegar na Italia:
13. Ao desembarcar, ainda no aeroporto, lembre-se de que por enquanto voce ainda nao é cidadao italiano, por enquanto voce é um turista. Se algum funcionario, policial ou agente da imigraçao te perguntar qual o motivo de sua viagem à Italia voce deverà responder que é turismo, que voce vai ficar na Italia pelo perìodo da passagem e basta. Explico: Voce poderia muito bem dizer que vai fazer o processo pela cidadania e tudo mais, mas isso te causaria uma tremenda dor de cabeça porque o controle da imigraçao é rìgido e eles geralmente sao enrolados e dificultam a vida das pessoas. Compensa voce entrar como turista mesmo, e depois, jà longe do aeroporto, jà em territòrio italiano, mudar de postura e partir para o "ataque".
Como jà anteriormente observado, nao existe a obrigaçao de visto de entrada, entao nao hà nenhum problema em se adotar essa estratégia;
14. Hospede-se num albergue da juventude pelos primeiros dias, ou em alguma pensao ou hotel, enquanto nao consegue assinar um contrato de aluguel em seu nome;
15. Num dos primeiros sete dias de permanencia em territòrio italiano, aliàs, o quanto antes, retirar o kit giallo numa das agencias credenciadas dos correios italianos (Poste);
16. Preencher o modulo 1 (no campo motivo escrever RIACQUISTO CITTADINANZA ITALIANA), anexar ao modulo 1 o requerimento formal da cidadania (a ser escrito por voce, existem modelos espalhados pela internet e com certeza no comune) e fotocopia de todas as paginas do seu passaporte com dados e de todos os documentos para a cidadania. Melhor ainda se conseguir no comune uma carta qualquer (tipo "certificamos que o sr. tal de tal veio ao nosso comune para o reconhecimento da cidadania italiana"), se voce for uma pessoa de sorte (e conseguir), faça uma còpia e junte ao modulo 1. Entao entregar o envelope aberto contendo o modulo, requerimento, fotos e fotocopias numa das agencias credenciadas dos correios italianos (Poste);
17. Com o protocolo do PERMESSO DI SOGGIORNO PER RIACQUISTO CITTADINANZA ITALIANA em maos, providenciar o codice fiscale (é o CPF italiano), procurar as agencias imobiliarias com as quais voce entrou em contato ainda no Brasil (ou procurar outras, novas, ou ainda procurar algum conhecido disposto a te ajudar nessa busca), para assinar um contrato de aluguel;
18. Depois de alugado o imovel de residencia e do permesso di soggiorno ficar pronto, ir até o comune para se inscrever como residente no Anagrafe;
19. Depois do processo pela residencia ficar pronto (a polìcia municipal vai fazer uma visita de verificaçao na sua casa!), voce enfim vai entregar todos os documentos e o requerimento para o reconhecimento da cidadania italiana! Depois disso o proprio comune vai solicitar ao consulado italiano no Brasil um ùltimo documento e pronto, sua cidadania estarà pronta, voce poderà requerer sua carta de identidade, passaporte etc.

18 comentários:

Wilson disse...

Bruno,
Muito informativo o seu blog.Mas ainda tenho algumas perguntas para vc ( e q esta chegando perto da viagem, o nervo vc sabe...):
1)Devo abrir uma conta bancaria na Italia para comprovar recursos financeiros suficientes para o processo de reconhecimento da cidadania italiana?
2)Quanto tempo leva agora (em media)para se conseguir o Permesso di Soggiorno?
3)Como vou residir com amigos italianos, devo pedir que eles escrevao uma declaracao de residencia (como garantia) para mim?
Muito obrigado pela ajuda.
Wilson

Bruno Barin disse...

Oi Wilson, sim, antes de viajar a adrenalina sobe, hehe.
Respostas:
1) A conta bancaria na Italia nao é obritatoria para comprovar recursos suficientes à permanencia legal durante o processo. Para tal voce deverà apresentar na Questura (caso seja solicitado) dinheiro vivo, traveller's checks ou fatura de cartao de credito internacional com saldo (de acordo com a tabela deles, de valores necessarios para o tempo de permanencia). A conta bancaria serà necessaria mesmo é para facilitar a sua vida no dia-a-dia, caso voce queira mesmo viver na Italia.
-
2) Antes o permesso di soggiorno era requerido e emitido somente na Questura, agora voce pode procurar qualquer uma das agencias habilitadas dos correios ou patronatos ou diretamente no comune. Com isso ocorreram principalmente tres mudanças: a) Ficou menos burocratico e mais acessivel (antes as filas na questura eram infernais); b) Ficou mais caro fazer o permesso (apesar de agora ele ser mais pratico/bonito (é um cartao magnetico, bem melhor do que as velhas folhas de papel);
c) Ficou mais demorado, pois todo o processo e todas as etapas sao feitas com envios pelo correio (e o correio italiano é lerdo, muito lerdo), mas isso depende da provincia, pois existem lugares onde agora ficou até mais rapido (ou menos lento, hehe).
Enfim, o tempo depende do local e do tipo de permesso.
-
3) Duas coisas que seus amigos poderao fazer e que serao muito uteis para voce:
a) Dichiarazione di ospitalità;
b) Cessione fabbricato.

Wilson disse...

Bruno,
vc poderia me esclarecer uma coisa:
eu nao sei se e a mudanca na lei ou se sao os comentarios a respeito da mudanca da lei que estao causando uma confusao total. Daria para informar sobre o q esta acontecendo agora com essa mudanca. Estou de ida a Italia no dia 16 de Maio e tenho todos os documentos legalizados pelo consulado. E o Permesso de Soggiorno esta de fato dificil de conseguir a tempo? Estou indo a uma vila em Veneto.
Muito obrigado pela ajuda,
Wilson

Barin disse...

Wilson, essa é a dùvida da maioria, entao fiz um post dedicado a ela: aqui.
As etapas na pràtica nao mudam, mas agora a coisa toda tende a ser muito mais demorada sim...
Espero que publiquem uma circular logo...

Clara disse...

Oi Bruno! Muito boas as informações que você fornece aqui! Pretendo ir à Italia no fim de setembro e tenho interesse em conseguir a cidadania (estou na fila por aqui, mas sabe como é, né?) Li em outro post a respeito de ulterior circular em benefício dos descendentes, que reduziria o tempo de espera pra conseguir. Isso está mesmo para sair em breve?

Bruno Barin disse...

Clara, infelizmente nao ha previsao. Pode ser que o ministério publique uma circular em breve, mas nada foi noticiado a respeito. Ou seja, infelizmente por enquanto nao podemos ser otimistas em relaçao a isso...

bili disse...

ola, bruno. estamos indo a italia em breve. eu e minha irma estamos em londres, com toda papelada em maos. agora precisamos escolher um lugar pra ir. o que tu aconselha? nosso ascendente veio de san marco di resana - treviso. tu sabes alguma coisa sobre o comune di san marco?

Bruno Barin disse...

bili, eu aconselharia algum comune da regiao do seu antepassado. Deixo claro que nao é uma obrigaçao legal, seria mais para voce poder conhecer a sua origem familiar. E tem também uma coisa: fazendo o processo na regiao do seu antepassado muitos acabam te encarando com mais seriedade/reconhecimento.

Anônimo disse...

Oi Bruno,
Obrigada pela ajuda que oferece no seu blog. Gostaria de saber se vc acha que preciso fazer outro passaporte com o nome de solteira para requerer a cidadania italiana, pois o meu passaporte hoje tem o nome de casada e eu já me separei. Se eu for com o passaporte com nome de casada, vc acha que pode dar algum problema? Muitíssimo obrigado! Lu.

Marcon Zanin disse...

bruno, tenho uma dúvida que gostaria de esclarecer:
Tenho uma tia, irma de meu pai que já reconheceu a cidadania dela na itália.Preciso levar todos documentos novamente? Ou pode ser apartir dela com uma declaração?Oque vc acha?

Leandro Carvalho disse...

Olá. Gostaria saber como faço para ser parceiro de vocês, divulgando o site/blog de vcs no meu blog e tê-lo divulgado no de vocês também. Desde já muito obrigado. Meu blog: http://minhaitalia.blogspot.com. E-mail: leandrocarvalho@gmail.com.

Barin disse...

Lu, em teoria o nome que consta nos documentos nao importa, o importante é demonstrar a descendencia.
Claro, tirar segunda via de documentos é um direito e voce pode muito bem fazer isso, talvez até poderia te ajudar um pouco caso o seu sobrenome de solteira seja de origem italiana e o de casada nao...

Marcon, voce nao precisaz levar tudo de novo nao, ao menos em teoria nao. O comune responsavel pelo seu processo pode pedir diretamente ao comune onde sua tia fez o processo dela a copia dos documentos que ela apresentou e que servem também para voce.
Mas nao deixe de pegar com essa sua tias o maior numero de informaçoes possiveis sobre o processo dela e, principalmente, entre em contato com o comune escolhido por voce para seu processo.

Leandro, voce precisa apenas colocar um link do 360 Graus no teu blog/site, sò isso.
Quando voce fizer nao deixe de me avisar, para eu colocar o link do teu blog/site aqui no 360 Graus, ok?!

Flávia Rizzo disse...

Oi Bruno! Nossa muito legal o seu blog,tenho certeza que você tem ajudado muita gente através dele.
Bom, eu também venho com minha dose de dúvidas e indagações (rsrs). Será que você saberia indicar um comune que não exija a legalização dos documentos no consulado no Brasil? O Consulado em São Paulo cancelou as legalizações desse ano e eu e minha irmã já vinhamos planejando essa viagem, daí ouvimos falar que em comunes menores não é necessário o "visto" do consulado, mas não sabemos se são todas as cidades menores, ou se há alguma(s) específica(s).
Desde já muito obrigada! Flávia

Moon Tear disse...

Olá Bruno, obrigada pela generosidade conosco!!!!!!
Tu tens instruido p/ pessoas c/ parentes próximos que já tenham cidadania, levar p/ a Itália sòmente os documentos pessoais.
Minha dúvida ´e qto ao Consulado aqui no Brasil,,como faço? legalizo só o documentos , no caso,do meu pai e os meus ? isso é possível?

Abraços e obrigada....

Barin disse...

Flavia, nao sei quais comunes nao exigem a legalizaçao dos documentos, aliàs nao sei nem se é verdade que existem comunes que nao exigem...
O melhor a fazer continua sendo entrar em contato com o comune antes...

Barin disse...

Moon Tear, deixo claro que levar somente os documentos pessoais é um risco.
Cada comune pode agir de modo unico, distinto. Um comune pode aceitar, como tambem pode negar.
O melhor a fazer continua sendo entrar em contato com o comune antes para fazer as coisas com segurança.

Anônimo disse...

entao..bruno..meu irmao esta na italia,e ja deu entrada no processo de cidadania..acontece q a pessoa que o esta orientando,disse q esta pendente so um fax,ou email do brasil..como doc final..vc tem algum conhecimento sobre isso?ele levou toda doc pronta,inclusive a nao renuncia...esse doc pode demorar ate qnro tempo??desde ja obrigada...

thatha disse...

olá...
BEM TENHO MEU NAMORADO JÁ NA ITÁLIA Á DOIS MESES, POIS SUA IRMÃ MORA LÁ Á 3 ANOS, JÁ CIDADÃ DA ITALIA, AGORA PRENTENDO IR PRA TAMBEM , POIS MEU NAMORADO QUER FICAR LÁ ATÉ SAIR A CIDADANIA SERÁ QUE DEMORA ? POIS QUERO FICAR LÁ POR UM BOM TEMPO E ME CASAR, AGORA O PROCESSO É DEMORADO SERÁ QUE COMPENSA FICAR LÁ ATÉ SAIR A CIDADANIA? POIS JÁ TENTAMOS COM UMA ADVOGADA POIS NÃO DEU CERTO COM TODOS OS DOCUMENTOS CERTOS , AGORA ESTOU AGUARDANDO PARA VER SE POSSO IR FICAR LÁ ESPERAR SAIR A CIDADANIA DELE....