segunda-feira, 10 de março de 2008

Dia da Mulher



Puxa, eu vinha pensando no que escrever sobre o dia da Mulher neste blog jà faz dias e dias, e mesmo assim acabei deixando passar batido o dia certo... Que feio, shame on me.
Eu decidi que deveria escrever algo depois de visitar o blog da amiga Lys. Lys organizou um movimento pela valorizaçao da mulher brasileira.
Pois entao aqui vai, atrasado mesmo, minha contribuiçao:

Fiquei impressionado com o que a Lys escreveu no seu blog sobre a pesquisa que ela fez no google digitando os termos "mulher brasileira".

Para eu poder continuar meu texto aqui, faço a seguir uma brevissima ilustraçao do que a Lys escreveu sobre isso.
Mais ou menos assim: Alguém vai no google e digita "mulher brasileira".
Os resultados dessa pesquisa?
Sites de putaria, sites de relacionamento oferecendo brasileiras para estrangeiros, modelos/atrizes/manequins etc.

Eu nunca tinha parado para pensar nisso, e é a mais pura verdade.
Isto é, claro que eu ja sabia dessa imagem negativa, ou pelo menos estereotipada, que a mulher brasileira tem no exterior, mas o que me deixou chateado foi ver que, ao contrario do que eu pensava antes (ou seja, que as mulheres de todos os paises pudessem ter uma imagem negativa ou pelo menos estereotipada no exterior), a imagem no exterior das mulheres britanicas, norte-americanas etc é bem diferente da ja citada imagem da mulher brasileira...
Diferente no sentido que enquanto os resultados da pesquisa no google demonstravam que as mulheres brasileiras no exterior sao vistas como promiscuas e/ou futeis, ja as britanicas e norte-americanas sao vistas como pessoas intelectualmente ativas, isto é, nao meros objetos.

E sabe o que?
Foi a Isabel mesmo, que é uma mulher e tanto, que disse logo de cara: "sao as proprias mulheres brasileiras as maiores culpadas por essa imagem que elas tem no exterior". E acrescentou: "Por isso que a mulher brasileira que nao se enquadra nesse perfil acaba sofrendo (aliàs sofrem todas), e pior, sofre duas vezes por ter que demonstrar que nem todas as brasileiras pensam e agem da mesma forma".

Pois é, é bem por aì.

A principio posso dizer que acho estranho isso de ter o dia da mulher, pois na minha opiniao todo dia pode ser dia de tudo, e nem tem essa historia de argumentar sobre o simbolismo da data e etc, é uma questao mais profunda pra mim (basta dizer que nao gosto nem de comemorar aniversario, hehe).
Mas, ja que o dia da mulher existe, que ao menos possamos fazer um bom uso dele, como por exemplo a campanha que a Lys e um monte de gente legal estao fazendo.
;)



Para terminar, dia 8 agora (o tal dia da mulher) caiu num fim de semana, e nos fins de semana eu procuro andar um pouco por esse mundo que temos aì fora.
Por isso que acabei esquecendo do post que eu queria escrever sobre a campanha em prol da valorizaçao da mulher brasileira.
Espero que um dia (e que esse dia esteja proximo) a imagem da mulher brasileira possa ser representada no exterior (e no Brasil tambem) logo de cara por muito mais do que é atualmente...

O dia da mulher de 2008 eu passei com a mulher da minha vida, fazendo trilha nas montanhas do Cansiglio, nos Pré-Alpes. Ambos felizes. Acabamos nem lembrando.
:)

10 comentários:

tita coelho disse...

Cézar, vim ver teu blog tb!
Gostei demais! Participei tb da blogagem da Lys e da Meiroca. Maravilhosa tu teres acabado o dia da mulher com a mulher da tua vida...Isso é muito legal!
beijos

Georgia disse...

Oi, pra você ver como nós mulheres precisamos ser valorizadas.

Desculpa o recado assim mas creio que você vai entender...

Viemos aqui para te convidar para uma blogagem coletiva com o titulo:
O que voce pode fazer para acabar com o analfabetismo no Brasil?

Que acontecerá no proximo dia 18 de abril, dia nacional do livro.

O post convocatoria voce pode ler no blog da Georgia (http://saia-justa-georgia.blogspot.com/) e no blog da Meiroca (www.meiroca.com).

Caso voce tenha algo a dizer a respeito, deixe um comentario no blog da Georgia ou da Meiroca, para que possamos te incluir.

Participe e divulgue em seu blog.

Georgia e Meire

She Python disse...

olha só...
a mulher brasileira é estereotipada sim, assim como as marroquinas são no mundo árabe, existem as que gosta as quem não gosta, afinal, que homem no mundo não quer ter uma putana na cama toda noite, e só pra ele... tsctsc...
na realidade para grande maioria das mulheres dia das mulheres ou dos macacos não faz muita diferença, principalmente pras brasileiras que não sairão do brasil nunca na vida e terão que trabalhar até os 70 anos para manter os filhos e os filhos dos filhos e morrerem do coração...
dia da mulher grande babozeira, somos todos humanos, que tal dia dos humanos? gostei de uma charge que li na minha adolecencia da radical-chique - "Dia das mulheres dia 8 de março... Dia dos homens : TODOS OS OUTROS DIAS". - mas isso é para quem acredita nisso, o que não tira a graça da frase...
Quem educa os homens são as mulheres, quem pode dominar um homem pode ser uma mulher inteligente e sagaz, INDEPENDENTE de ser mussulmana ou puta...
é mais uma questão de educação e cultura, inglesas tem fama de serem frias na cama, francesas de ter pêlos nas axilas... mas e daê??? argentino tem fama de perna-de-pau (hehehe, mulher futebol, deixa eu inserir o rock nesse coment...) colombiano de traficante...
estereótipos são para medíocres basearem a opinião e para espertos se utilizarem da maneira que quiserem, ou não...

ciao ocupadíssimo colega, saudades de papos... eita vida corrida, consegui a procuração de amplos poderes da minha filha, um problema a menos para meu TÃO, sonhado plano...
http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL362344-5602,00.html
linquezinho

Meire disse...

Oi Cezar, nao tinha passado por aqui para ler teu post..mas valeu mesmo com atraso e aproveito para reforçar o convite da Geo.
Bjs

barb michelen disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

Barin disse...

tita, sim, muito!
;-)

Barin disse...

georgia, infelizmente nao posso te prometer muito, sem tempo é pouco...
Mas vou tentar!
;-)
Abs

Barin disse...

Pois é, Sheila, isso de dia disso, dia daquilo, eu acho estranho...
Hehe, concordo em muito contigo.
;-)

Barin disse...

meire, valeu!
;-)

Anônimo disse...

Olá Cezar,parabéns pelo teu blog.Estou reunindo os documentos p/ fazer a cidadania aí na itália. Tenho dúvida qto o tempo de validade da Certidão,até 3 anos? se puderes me responder agradeço. Abraços
Rose